hector-campeao

A noite desta sexta-feira, dia 15 de dezembro, pode ser considerada um marco para o WGP Kickboxing. Pela primeira vez fora do Brasil, concretizando a promessa de expansão na América Latina, a edição 43 agitou a cidade de Buenos Aires, na Argentina, no show derradeiro de 2017. No duelo principal, Hector Santiago bateu o anfitrião Ignacio Capllonch por nocaute e manteve o título peso-leve (até 60kg). A noite no Ginásio do San Lorenzo teve ainda o argentino Facu Suarez sagrando-se o novo campeão do GP da mesma categoria e próximo desafiante ao título depois de bater o chileno Daniel Choque na final. Além de superlutas eletrizantes recheadas de grandes nomes. A calendário de 2018 começa no dia 23 de fevereiro.

Hector Santiago nocauteia Capllonch e Facu Suarez leva GP
O combate mais aguardado da noite entre o campeão Hector Santiago e o desafiante Ignacio Capllonch foi digno das expectativas do público argentino e fãs do WGP. Ignorando a pressão e solto como se estivesse em casa, o brasileiro começou colocando mais volume e levando ligeira vantagem nos rounds iniciais. A partir da segunda metade do duelo, Capllonch parecia sentir mais a partir física, enquanto o campeão era mais contundente e se mostrava inteiro. No quarto round, Hector Santiago conectou duas sequências de joelhadas que levaram o argentino à lona por duas vezes. Fim de luta e cinturão mantido no Brasil.

O Challenger GP peso-leve, que definiu o próximo desafiante de Hector, foi decidido por um argentino e um chileno. Enquanto Facu Suarez passou ao dominar seu último algoz, Bruno Cerutti, em uma revanche na primeira semifinal, Daniel Choque bateu outro anfitrião, Lucas Arce, vencendo por decisão dividida na outra chave.

A final era quase mais um Brasil vs Argentina, já que o chileno Daniel Choque mora e treina em São Paulo. Com muito vigor físico e visivelmente indo ao limite os dois protagonizaram um show. Mais agressivo desde o início e empurrado pela torcida, Facu Suarez foi superior durante boa parte dos três rounds e faturou o duelo por decisão unânime. O triunfo o garante como próximo postulante ao título da categoria.

Nonato atropela Ryske e campeã sofre nocaute relâmpago
Os cariocas Fernando Nonato e Wallace Lopes, que costumam treinar juntos, encararam os argentinos Nicolas Ryske, uma das referências no esporte no país, e Sebastian Martino, respectivamente. E o destino dos dois foi bem diferente. Enquanto Nonato passou por cima de Ryske com um nocaute no primeiro round depois de diversos knockdowns, Wallace foi dominado por Martino, que massacrou durante os três assaltos para vencer por unanimidade.

Um dos destaques da noite veio na luta entre a campeã peso-leve Nina Loch e a anfitriã Andrea Salazar, que aconteceu em peso combinado sem valer o título. Retornando depois de longo tempo parada, a brasileira foi surpreendida com um nocaute relâmpago depois de uma joelhada na linha de cintura logo no início do embate. A primeira vitória dos donos da casa veio apenas na terceira luta da noite. O hermano Pablo Rojo bateu Vinícius Bereta por decisão dividida em luta muito equilibrada.

O boliviano Renzo Martinez já teve bons momentos no ringue do WGP e dessa vez não foi diferente. Em uma grande luta, ele bateu Braian Okonski, outro atleta da casa, após uma joelhada em cheio que impediu o argentino de retornar ao duelo. O card principal do último evento do ano começou em grande estilo. Em mais um confronto Brasil vs Argentina, o paranaense Matheus Gatti bateu Martin Velasco com um belo nocaute ainda no primeiro round.

WGP #43 – Final Tour 2017 – Resultados oficiais

Card Principal
Hector Santiago venceu Ignacio ‘El Misil’ Capllonch por nocaute no quarto round
Facu Suarez venceu Daniel Choque por decisão unânime
Fernando Nonato venceu Nicolas ‘El Picante’ Ryske por nocaute no primeiro round
Sebastian Martino venceu Wallace Lopes por decisão unânime
Daniel Choque venceu Lucas Arce por decisão dividida
Facu Suarez venceu Bruno Cerutti por decisão unânime
Andrea Salazar venceu Nina Loch por nocaute no primeiro round
Pablo ‘Mudo’ Roa venceu Vinicius Bereta por decisão dividida
Renzo Martinez venceu Braian Okonski por nocaute técnico no segundo round
Matheus Gatti venceu Martin Velasco por nocaute no primeiro round

Undercard
Gerardo Gonzalez venceu Pablo Paoliello por decisão unânime
Ernesto de la Colina venceu Gonzalo Días Arredondo por decisão unânime
Thomas Aguirre venceu Nicolas Jara por nocaute no segundo round
Enzo Sanchez venceu Nicolas Sanchez por decisão dividida
Erik Miloc venceu Facundo Gomez por decisão unânime